Clínica Móvel da Mulher inicia prevenção do câncer em Jaraguá

Dona Maria Teixeira, 77, chegou cedo à Praça do Coreto, em Jaraguá, nesta segunda-feira, 15, para fazer mamografia e ultrasonografia. Cuidadosa com a saúde, quando ficou sabendo da Clínica Móvel da Mulher, a aposentada se animou. "Faço os exames periodicamente, mas a mamografia eu tenho que fazer em Goianésia ou Anápolis. Agora já não posso mais ir sozinha e fica complicado. Com a unidade aqui ficou bem fácil, além de não ter que pagar coparticipação", disse ela.

Assim como ela, dezenas de outras usuárias do Ipasgo em Jaraguá e região estão tendo a oportunidade de fazer os exames de prevenção do câncer de mama e de colo de útero no próprio município. Jaraguá é a quarta cidade atendida pela Clínica Móvel da Mulher, uma unidade montada em uma carreta com estrutura completa para realizar consultas e exames que detectam os dois tipos de câncer mais comuns em mulheres: de mama e de colo de útero.

O início dos atendimentos contou com a presença do deputado Nédio Leite, que parabenizou o presidente do Ipasgo, Francisco Taveira Neto, pela iniciativa. "Uma ação dessa é de grande importância para as mulheres das cidades do interior, porque com essa unidade, as usuárias têm o mesmo atendimento das grandes cidades, perto de casa. Temos que parebenizar o Ipasgo e o governador Marconi Perillo por visão social", finalizou o parlamentar.

A Clínica Móvel da Mulher vai atender em Jaraguá nesta segunda e terça-feira, 15 e 16. Só no município são mais de 1100 usuárias com mais de 40 anos de idade, portanto já em idade de realizar mamografias, segundo recomendação do Ministério da Saúde. O exame é a principal arma no combate ao câncer de mama, pois assegura o diagnóstico precoce. Quanto mais cedo for descoberto, maiores as chances de cura. Neste tipo de tumor, segundo o IBCC, o Instituto Brasileiro de Controle do Câncer, as possibilidades ultrapassam os 95% . A unidade realiza ainda ultrassonografias para a prevenção do câncer de colo de útero e para mulheres gestantes.

A servidora municipal Maria Nilza Fernandes também aproveitou para fazer 3 exames. Economizou na viagem e na coparticipação. "Adorei essa iniciativa. Facilitou muito. Numa manhã resolvi o que gastaria um dia ou mais. Isso sem falar nas despesas que não tive", disse a servidora.

A chefe de gabinete do Ipasgo do Instituto, Flávia Cruvinel, ressaltou que a ideia do Ipasgo é justamente facilitar a vida dos usuários, levando os serviços oferecidos ao cidadão, onde ele mora, conforme solicitado pelo governador Marconi Perillo "Mesmo as mulheres que não estão na idade para fazer a mamografia, são atingidas por essas ações que movimentam a cidade e trazem à tona a discussão sobre a importância da prevenção", lembrou.

De Jaraguá a carreta segue para Goianésia, onde vai atender as usuárias nos dias 18, 19, 22 e 23, em frente ao posto do Ipasgo, na Rua 31, nº 423 – Centro.

``>

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies , ao continuar navegando, você concorda com estas condições.