Começa nesta segunda prazo para recurso da 1ª etapa do credenciamento de Pessoas Físicas e especialidades com alta demanda de atendimento 

Candidatos têm cinco dias úteis para interpor recurso no Sistema de Credenciamento disponível no site do Ipasgo. Nesta fase, 164 inscrições foram inabilitadas 

Começou nesta segunda-feira (02), o prazo para interposição de recurso pelos candidatos da 1ª etapa do credenciamento de Pessoas Físicas e de todos os inscritos das especialidades de Alergia e Imunologia, Endocrinologia, Pediatria, Pneumologia e Psiquiatria dos certames do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo). Os profissionais têm cinco dias úteis, portanto, até a próxima sexta-feira (06), para apresentar as justificativas e comprovações documentais, que julgarem necessárias diante do resultado preliminar divulgado no último dia 29. 

De acordo com a Gerência de Credenciamento do Instituto (Gecred), neste momento o resultado é referente a 1.195 inscrições. Desse total, 164 candidatos foram considerados inabilitados, agora, eles podem sanar as pendências dos itens que foram apresentados na inscrição inicial, por meio do Sistema de Credenciamento disponível no site da autarquia. “Essa é a oportunidade extra que interessados em fazer parte da rede do Ipasgo têm para regularizarem suas inscrições, apresentando  os documentos habilitatórios ou de pontuação”, salienta o presidente da instituição, Vinícius Luz. 

Aqueles que tiverem dúvidas sobre como recorrer podem conferir o vídeo com o passo a passo do processo. A Gecred também disponibilizou o telefone 62 3238-2596 para esclarecimentos. 

 

 

A 1ª etapa do credenciamento de Pessoas Físicas do Ipasgo corresponde aos inscritos de 22 municípios do interior goiano, que são Campos Belos, Catalão, Ceres, Formosa, Iporá, Itaberaí, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Mineiros, Nova Crixás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pires do Rio, Porangatu, Posse, Quirinópolis, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto, São Luís de Montes Belos, Uruaçu e Valparaíso de Goiás.


Autenticação de documentos

O Ipasgo não é um plano de assistência como a maioria. Apesar de também prestar serviços de saúde, sua natureza jurídica é de autarquia, o que significa que é parte da estrutura do próprio Estado de Goiás. A exigência de autenticação dos documentos está prevista na legislação estadual de licitações (Lei 17.928/2012), e, também, no Edital, que funciona como lei tanto para os participantes do credenciamento quanto para o Ipasgo. Por isso, todos os documentos devem estar devidamente autenticados. Confira mais detalhes assistindo o video abaixo. 

 

 

Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) – Governo de Goiás