Programas Domiciliares

 

Programa de Internação Domiciliar 

O serviço de Internação Domiciliar disponibilizado no âmbito do Programa Especial de Reabilitação e Cuidados Especiais - PERCE,  consiste em internação no ambiente domiciliar, por tempo preestabelecido ou estimado, destinado ao paciente com incapacidade temporária ou permanente, que necessita de cuidados técnicos de equipe multidisciplinar. Com o objetivo de humanização do atendimento com ampliação da autonomia dos usuários e o treinamento do cuidador frente às novas necessidades. 

Os documentos necessários para abertura do processo são:

O1 - RELATÓRIO MÉDICO DESCRITIVO: => Deve conter informações do(a) paciente: idade, doença(s), CID, data da internação (em caso de estar acamado em domicílio, colocar o tempo); Solicitar e Justificar a necessidade da Internação domiciliar DESCREVENDO O QUADRO CLÍNICO ATUAL E A EVOLUÇÃO DO PACIENTE; Relatar quais são os profissionais que o paciente precisa (Ex.: médico, enfermeiro, fisioterapeuta e outros, de acordo com a necessidade apresentada); => Se necessitar usar SONDA (especificar qual tipo de sonda); => Se necessitar de MEDICAÇÕES ENDOVENOSAS, apresentar receitas médicas com posologias, resultados de exames e duração dos tratamentos; => Se necessitar de CURATIVO (apresentar imagens nítidas impressas das lesões); => Se necessitar de OXIGÊNIO (prescrição da quantidade a ser utilizada + exame de => GASOMETRIA ARTERIAL: orientamos que esse exame seja feito sem o paciente usar oxigênio por pelo menos 20 minutos, para evitar resultado errôneo; Apresentar Gasometria recente (realizada nos últimos 15 dias)

02 - RELATÓRIO MÉDICO - FORMULÁRIO DE DESOSPITALIZAÇÃO (Médico preencher, datar e assinar o Formulário

0З -TERMO DE RESPONSABILIDADE FAMILIAR - Internação Domiciliar

04 - Formulário de Solicitação de Internação Domiciliar

05 - Documentação pessoal do SOLICITANTE (quem vem abrir o processo): RG e CPF (cópias e originais)

06 - USUÁRIO/PACIENTE: RG, CPF, Cartão do IPASGO e Comprovante de Endereço (cópias e originais)

 

Essa documentação deve ser apresentada no Setor de Internação Domiciliar no IPASGO Central (Av. Primeira Radial), em Goiânia, após agendamento obrigatório através do telefone: 62-3238-2410.

Esse programa não possui coparticipação. Ele é isento.

As áreas de abrangência para Internação Domiciliar, segundo a Portaria Normativa do IPASGO são para usuários residentes: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Senador Canedo e Trindade. 

O Programa de “Internação Domiciliar” trata-se do conjunto de atividades prestadas em domicílio, que demandam atenção integral ao paciente com quadro clínico mais complexo e com necessidade de tecnologia especializada. Para tal, é necessário cumprir requisitos relacionados a recursos humanos, materiais, equipamentos, retaguarda de serviços de saúde como serviço local de UTI móvel e hospitalares, principalmente em situações de urgência e emergência, logística de atendimento, dentre outros. Por tudo isso o atendimento, fora de Goiânia e região metropolitana se torna limitado, o que comprometeria a qualidade e a segurança da assistência prestada.

 

Programa de Atendimento Pontual 

O serviço de Atendimento Pontual Domiciliar- APD, tem como objetivo, e quando indicado, a intervenção domiciliar para a administração de medicamentos via intravenosa (IV), realização de curativos mais complexos (exceto em caso de queimaduras) e pequenos procedimentos que possam ser realizados em até 2 (duas) horas; como troca de sondas que necessitem da presença de enfermeira ou técnica de enfermagem, em usuários do IPASGO, com frequência de até duas vezes ao dia, por tempo e quantidades previamente determinados a  pacientes acamados e totalmente dependentes com incapacidade temporária ou definitiva para as atividades de vida diária. 

Os documentos necessários para abertura do processo são:

01-  Relatório médico, descrevendo a doença do usuário e seu respectivo CID, justificando a necessidade do atendimento em domicílio.

02- Prescrição completa da medicação: posologia, tempo de tratamento, via de administração.

03 - Formulário de Solicitação de Atendimento Pontual.

04- Documentos pessoais do Solicitante: RG e CPF (cópias e originais).

05 - Documentos pessoais do Usuário: RG, CPF, Cartão do Ipasgo e Comprovante de Endereço (onde o Usuário será atendido no atendimento pontual (originais e cópias)


Essa documentação deve ser apresentada na Sede do IPASGO (Av. Primeira Radial), em Goiânia, após agendamento obrigatório através do telefone: 62-3238-2410. 

 Esse programa  possui coparticipação.

As áreas de abrangência para atendimento domiciliar, segundo a Portaria Normativa do Ipasgo são: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Senador Canedo e Trindade.

O Programa de “Atendimento Pontual” trata-se do conjunto de atividades prestadas em domicílio, que demandam atenção integral ao paciente com quadro clínico mais complexo e com necessidade de tecnologia especializada. Para tal, é necessário cumprir requisitos relacionados a recursos humanos, materiais, equipamentos, retaguarda de serviços de saúde como serviço local de UTI móvel e hospitalares, principalmente em situações de urgência e emergência, logística de atendimento, dentre outros. Por tudo isso o atendimento, fora de Goiânia e região metropolitana se torna limitado, o que comprometeria a qualidade e a segurança da assistência prestada.

 

Programa de Oxigenoterapia Domiciliar 

A disponibilização de oxigênio domiciliar aos usuários do Sistema IPASGO Saúde, é realizado conforme procedimento e critérios para o fornecimento, códigos e valores de remuneração dos serviços estabelecidos nesta Portaria Normativa.

Os documentos necessários para abertura do processo são:

01-  Relatório médico descrevendo a doença do paciente e seu respectivo CID, solicitando a oxigenoterapia domiciliar, justificando a necessidade de ser feita em domicílio e descrevendo a prescrição médica da litragem do oxigênio.

02- Exame de GASOMETRIA ARTERIAL (com no máximo 15 dias). Estar atento para que, quando for colher a gasometria, se o paciente estiver em uso de oxigênio, retirar 20 minutos antes da coleta para evitar resultado errôneo.

03- Formulário de Solicitação de Oxigenoterapia Domiciliar

04- Documentação pessoal do Solicitante: RG e CPF (cópias e originais).

05 -  Documentação pessoal do Usuário: RG, CPF, Cartão do IPASGO e Comprovante de Endereço (originais e cópias). 

 

Essa documentação deve ser apresentada na Sede do IPASGO (Av. Primeira Radial), em Goiânia, após agendamento obrigatório através do telefone: 62-3238-2410. 

 Esse programa não possui coparticipação. Ele é isento.

As áreas de abrangência para o Programa de Oxigenoterapia Domiciliar, segundo a Portaria Normativa do Ipasgo são: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Senador Canedo e Trindade.

O Programa de “Oxigenoterapia Domiciliar” trata-se do conjunto de atividades prestadas em domicílio, que demandam atenção integral ao paciente com quadro clínico mais complexo e com necessidade de tecnologia especializada. Para tal, é necessário cumprir requisitos relacionados a recursos humanos, materiais, equipamentos, retaguarda de serviços de saúde como serviço local de UTI móvel e hospitalares, principalmente em situações de urgência e emergência, logística de atendimento, dentre outros. Por tudo isso o atendimento, fora de Goiânia e região metropolitana se torna limitado, o que comprometeria a qualidade e a segurança da assistência prestada.

 

Programa de Terapias Complementares 

O atendimento de Terapias Complementares em domicílio destina-se a usuários totalmente acamados ou que possuam impossibilidade física definitiva de locomoção até uma unidade de saúde.

Os documentos necessários para abertura do processo são:

- Relatório médico atualizado descrevendo o quadro clínico do paciente e solicitando o tipo de terapia necessária: fonoaudiologia e/ou psicologia sendo necessário especificar qual atendimento será realizado em domicílio;

- Documentos pessoais do usuário e solicitante (RG, CPF e cartão do Ipasgo);

- Comprovante de endereço.

Para o esclarecimento de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe pelos telefones (62) 3238-2697 / 2438.

 

Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo)